AGENDAMENTO MTE: Como realizar?

O Ministério do Trabalho e Empregou procurou durante algum tempo soluções que pudessem diminuir o grande fluxo de pessoas que iam diariamente nos postos de atendimento retirar a carteira de trabalho, seguro-desemprego e vários outros serviços.

Já que é esse o Ministério responsável pelas questões relacionadas aos trabalhadores brasileiros.

Após pensar nessas soluções, veio-se o agendamento MTE.

O agendamento MTE tem a finalidade de ser uma solução moderna para que o trabalhador consiga em um tempo menor o serviço desejado.

Com base nisso, analisaremos como o trabalhador deve fazer para obter o seu serviço de forma prática.

COMO REALIZAR O AGENDAMENTO MTE

Para realizar o agendamento de qualquer serviço oferecido pelo Ministério do Trabalho, é preciso que o cidadão entre no site informado ao lado http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam?conversationPropagation=none

saa mte gov br

Ao entrar no site, a primeira coisa que deve fazer é selecionar o Estado e o Município no qual reside, o tipo de atendimento que deseja e o código de segurança (essencial para evitar spam).

Os Estados e cidade que trazem o serviço são: Maranhão, Amapá, Alagoas, Acre, São Paulo (Barueri), Ceará, Bahia, Amazonas, Distrito Federal (Cidades Satélites e Brasília), Paraná (Curitiba, Londrina), Goiás, Espirito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Pernambuco, Sergipe, Tocantins, Santa Catarina, Roraima, Rondônia, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Minas Gerais (Uberlândia, Uberaba, Ipatinga, Belo Horizonte, Timóteo, Caratinga, Contagem, Coronel Fabriciano e Divinópolis).

Lembrando então, que ainda não são todas as cidades do Brasil que realizam o agendamento MTE.

Por isso, se a sua não estiver no rol apresentado pelo site, é porque esse serviço não está disponível por lá.

Voltando ao procedimento, aparecerá na página seguinte todos os postos de atendimento do Ministério que estão disponíveis e quantas vagas ainda possuem.

Se nas vagas aparecer um total de 0, é porque naquele momento o sistema não está mais cadastrando vagas.

Sendo assim, tente novamente o agendamento em outra data.

Caso tenha vagas, selecione dentre as opções o melhor dia e horário para que você vá presencialmente ao posto de atendimento e informe seus dados pessoais para concluir o agendamento.

Ao final imprima o comprovante do agendamento e compareça no dia marcado com os documentos pedidos de acordo com o serviço especifico que deseja, além de estar com algum documento original com foto.

Não se esqueça de remarcar ou cancelar o agendamento se não puder comparecer no dia estabelecido pelo site.

A fila para realizar esse atendimento é gigantesca, então, se não puder comparecer, não impeça que outro compareça.

Prontinho! O procedimento para realizar o agendamento MTE é bem simples.

O que ainda causa indignação de alguns brasileiros são os problemas encontrados no site.

Infelizmente é comum que o site se encontre fora do ar. Quando isso ocorrer com você, tente se conectar em outro momento, pois não adianta ficar atualizando a página.

Geralmente em horários não comerciais é mais fácil que você encontre o serviço funcionando.

Para qualquer dúvida, perguntas ou reclamações, ligue para a central de atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego através do número 158.

Você pode saber mais sobre o assunto, clicando aqui.

agendamento mte

SEGURO-DESEMPREGO

Um dos principais serviços oferecidos pelo MTE é o seguro-desemprego.

Esse benefício é destinado aqueles trabalhadores que foram demitidos sem justa causa ou de forma indireta, ao pescador artesanal, ao trabalhador que foi resgatado de um emprego no qual ele exercia condições análogas a de escravo e ao trabalhador que foi suspenso do trabalho pois foi participar de um curso de qualificação profissional.

Depois de realizar no site do MTE o processo de agendamento, seguindo todo o procedimento explicado acima, o Ministério do Trabalho também exige alguns documentos que devem ser levados pelo trabalhador em seu comparecimento presencial.

E são eles; documento de identificação com foto, número do CPF, o requerimento do seguro desemprego que pode ser tirado pelo próprio site do empregador web, documentos que comprovem os depósitos do FGTS que são entregues pelo empregador no momento da demissão, a carteira de trabalho e o termo de rescisão do contrato de trabalho.

Então, saiba que você poderá receber de 3 a 5 parcelas, que iram variar com base no tempo que ficou em serviço e de acordo com quantas solicitações já foram feitas.

Para saber quanto irá receber, é só entrar em contato com MTE e pedir a realização do seu cálculo do seguro-desemprego.

mte

CARTEIRA DE TRABALHO

Outro importante serviço que ocasionou a mudança do sistema do MTE para o agendamento foi a emissão da carteira de trabalho.

Nos dias atuais é fundamental que o trabalhador brasileiro tenha consigo a sua carteira de trabalho, já que é por meio dela que alguns direitos futuros podem ser estabelecidos.

Principalmente no que tange em relação a previdência social.

Então, por ser um serviço fundamental, precisa ser rápido e prático.

Trazendo mais comodidade ao brasileiro que precisa trabalhar para poder ajudar a desenvolver o país.

Você pode saber mais sobre o agendamento MTE em: http://saamtegovbr.org/

Comments are closed.